“Não digas nada”, “Chove”, “Liberdade”, “Valeu a pena”, “Sorriso audível das folhas” de Fernando Pessoa

“Pequenina” de Florbela Espanca

“A supervelinha” de Luísa Ducla Soares”